menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas não terá reajuste na conta de água no ano que vem

Valor da tarifa, apontada como uma das mais caras do país, ganhou destaque nas eleições deste ano

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

10h33 - 03/12/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin



Em fim de governo, o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), trouxe uma boa notícia aos campineiros na manhã desta quinta-feira (03/12). A tarifa de água não terá reajuste no ano que vem para as residências, comércio e indústria. O valor da tarifa de água em Campinas ganhou destaque nas eleições deste ano, quando alguns candidatos apontaram como um dos valores mais altos do Brasil.

Segundo Jonas, a medida, tomada com a diretoria da Sanasa, empresa que faz a gestão da água e do esgoto da cidade, foi tomada prevendo um reflexo negativo na economia. “Estamos prevendo um ano dificil para todo mundo no ano que vem e teremos reajuste zero, ou seja, não haverá aumento na conta de água”, disse ele.

No ano passado, a Sanasa aplicou um reajuste de 2,54%.

Hoje o preço da tarifa mínima (consumo até 10 m³) por mês é de R$ 36,34. Neste valor, não está incluso o tratamento de esgoto. As demais faixas têm valore de acordo com o consumo.

Na categoria comercial, o valor da tarifa de água tratada de consumo mínimo é de R$ 74,85. Já categoria industrial o preço é de R$ 68.32. 

Pandemia

Devido à pandemia do coronavírus, a Sanasa insentou a cobrança da tarifa de água para a população de baixa renda, que consome até 10 metros cúbicos do produto por mês. A medida, que começou em março vale até dezembro deste ano. Com isso, a Sanasa deixou de arrecadar cerca de R$ 500 mil por mês.

Além disso, a Sanasa também passou a cobrar a tarifa de conta de água pelo valor médio do ano passado. Porém, em agosto deste ano a empresa retomou a leitura de água nas residências e nos comércios. E os consumores estão pagando a diferença do produto que deixaram de pagar entre os meses de março a agosto.



0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias