menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas registra 1º caso de contaminação comunitária do coronavírus

Mulher não viajou para o exterior

Blog da Rose

11h31 - 20/03/2020

Atualizado há 3 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta sexta-feira (20/03) o quarto caso infecção pelo novo coronavírus em Campinas. Essa seria o primeiro caso de transmissão comunitária da doença, já que a paciente, uma mulher de 66 anos, não tem registros de viagem.

A mulher começou a ter os sintomas no dia 13 de março. Ela está em isolamento domiciliar e passa bem. Seus contactantes estão sendo monitorados. A cidade registrou 192 casos em investigação, um aumento de 51,18% em dois dias. O último balanço apontam 127 casos suspeitos. Foram descartados 39.

A Prefeitura de Campinas informou que não vai adotar novas medidas porque já tomou as providências no combate à disseminação do coronavírus já levando em conta que no Estado de São Paulo a transmissão já era comunitária.

Entre as medidas estão a suspensão de aulas, de eventos religiosos, políticos, esportivos e culturais. Fechamento de espaços públicos, redução da frota de ônibus no sistema público de transporte. Os shoppings das cidades estão com as portas fechadas.

Outros casos

Os outros três casos confirmados em Campinas são de uma jovem que contraiu a doença na Bahia e teve o exame positivo em 13 de março; de uma mulher de 48 anos, que voltou de viagem da Europa em 8 de março e teve o caso confirmado em 16 de março; e de uma mulher de 37 anos, que viajou para o Canadá e teve o caso informado na quarta-feira, dia 18 de março. As pacientes com Covid-19 estão clinicamente bem.

Gripes

A Secretaria de Saúde informou que vai monitorar o número de atendimentos por síndrome gripal nos 66 Centros de Saúde do município. O objetivo é avaliar a tendência de ocorrência de síndromes gripais e o impacto na rotina dos serviços para adotar medidas para não sobrecarregar os serviços.

Também vai intensificar o monitoramento de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAGs) nos serviços de urgência e emergência dos 18 hospitais públicos e privados da cidade e a taxa de ocupação dos leitos de cada um dos serviços por doença respiratória. O objetivo é avaliar a proporção de casos graves por doença respiratória e taxa de ocupação e a disponibilidade de leitos para compreender o cenário de leitos disponíveis para internação, em enfermarias e UTIs e adotar medidas, como a abertura de novos leitos, se necessário.

Hotsite

Todas as informações sobre o novo coronavírus ou Covid-19 podem ser acessadas no endereço covid-19.campinas.sp.gov.br/. Na ferramenta, as pessoas encontram todas as medidas do Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus e também podem tirar dúvidas e ter acesso à atualização dos dados da doença em Campinas.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
  • Selma disse:

    Gente,,, em Campinas não adianta reduzir o número de ônibus, vão estar super lotados em horário de pico. Pois ainda tem patrões que não dispensaram os funcionários.

publicidade
publicidade
publicidade