menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas vai isentar tarifa de água de famílias de baixa renda e “congelará” conta de consumidores

Consumidores terão de pagar excedente no futuro

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

12h06 - 25/03/2020

Atualizado há 9 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Prefeitura de Campinas anunciou nesta quarta-feira (25/03) duas medidas que vão atingir os moradores da cidade. A primeira é isentar do pagamento da tarifa de água as famílias de baixa renda. A segunda é “congelar” a cobrança da tarifa para toda a população em cima da média do valor pago das contas de água dos meses de março, abril e maio do ano passado. Porém, o valor residual será cobrado no futuro, quando as leituras dos relógios retomarem pelos leituristas.

As medidas são reflexos do efeito negativo na economia devido à pandemia da covid-19. Campinas tem 10 casos confirmados e investiga outros 308 de contaminação de coronavírus.

A isenção para as famílias de baixa renda vale para o consumo de até 10 metros cúbicos por mês. A medida vai atingir 77 mil pessoas e valerá entre os meses de abril e junho. O benefício valerá a partir do dia 27 de abril.

Essa medida vai implicar numa perda de receita da ordem de R$ 500 mil por mês para a Sanasa – empresa responsável pelo abastecimento e saneamento da cidade.

Segunda medida

A segunda medida será a cobrança de água para toda a população num valor médio do que o consumidor pagou nos meses de março, abril e maio do ano passado. Neste período, os leituristas não irão fazer checagem nos relógios nas residências.

O prefeito, no entanto, disse que o consumo a mais pelos consumidores durante este período será cobrado no futuro. “Não tô dando isenção. Se eu falo que não vou cobrar nada, explode o consumo”, ressaltou Jonas.

Segundo o prefeito, esse valor residual poderá ser parcelado em 12, 24 e 36 meses. Essa medida passa a valer a partir do dia 30 de março. “Tomei as medidas com muita preocupação, mas peço que priorizem o pagamento da conta de água”, disse o prefeito.

Já em relação a novas ligações, os casos serão estudados individualmente.

O prefeito negou ainda que a tarifa de água seja uma das mais caras do país.

4 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade