menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas vai proibir queimadas na cidade e impõe multa de R$ 18 mil

Cidade registrou 214 focos de incêndios neste ano, ante 142 no mesmo período do ano passado

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

15h59 - 23/09/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), vai enviar até amanhã (24/09) para a Câmara de Vereadores projeto de lei que proíbe queimadas na cidade e que define multas de acordo com o local do foco do incêndio. Os valores das infrações vão de R$ 723,2 a R$ 18 mil.

De acordo com a proposta, a legislação vai proibir fogo para fins de limpeza ou preparo do solo, inclusive para o plantio ou colheita de qualquer cultura, exceto nos casos específicos em que a lei estadual permite como, por exemplo, queimada controlada para fins de pesquisa e cultura de cana-de-acúcar. Neste caso, a multa será de R$ 18,080 (5 mil Ufics) por hectare queimado. O valor dobra em caso de reicindência.

A proposta também proíbe a queima de lixo, mato ou qualquer outro material orgânico ou inogârquico na zona urbana de Campinas. A multa será de R$ 723,2 (200 UFICs) a R$ 1,8 mil (500 UFICs) nos casos de residências. Para as indústrias ou comércios, os valores são de R$ 3,6 mil.

Neste ano, foram registrados 214 focos de incêndio em Campinas, ante 142 no ano passado. Segundo o diretor da Defesa Civil de Campinas, Sidnei Furtado, a explicação são a estiagem e a permanência das pessoas em casa devido à covid-19. “Tivemos 80 dias em que a cidade ficou em estado de alerta e atenção, além de quase sete dias com temperatura acima de 34º. Outro fator é que as pessoas ficando em casa decidiram fazer limpeza e colocam fogo”, disse ele.

O projeto prevê também campanhas educativas e de conscientização contra as queimadas com mobilização da Defesa Civil, Guarda Municipal, Rádio Educativa, escolas, unidades de saúde, entre outros órgãos.

A fiscalização será feita pela Secretaria do Verde.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade