menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas vai reabrir o comércio a partir de segunda-feira

Cidade reabre comérciode rua, shoppings e escritórios

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

10h19 - 24/07/2020

Atualizado há 17 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB) confirmou nesta sexta-feira (24/07) que a cidade vai para a fase laranja do Plano SP de flexibilização, que permite a reabertura do comércio de rua e os shoppings, a partir de segunda-feira (27/07). Além de Campinas, outras 41 cidades também mudam de fase.

A maior preocupação do retorno das atividades é com a região central. Para isso, a prefeitura vai instalar três barreiras sanitárias – uma na estação central, uma na Senador Saraiva e outra na Catedral Metropolitana – todas na Rua 13 de Maio. “Não vamos deixar passar ninguém sem máscara”, alertou Alexandra Capriolli, secretária de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo.

A prefeitura também vai colocar totens com álcool em gel e está contratando câmeras que quantificam o número de pessoas nas ruas. Os lojistas, por sua vez, vão ficar responsáveis por organizar filas e cumprir as regras como 20% de pessoas dentro das lojas e distanciamento de 1 metro e meio entre uma pessoa e outra.

A abertura dos shoppings será das 16h às 20h. A praça de alimentação e os serviços de valet dos shoppings não podem funcionar. Os comércios e serviços das 12h às 16h de segunda a sexta e das 9h às 13h, aos sábados. “Foi dada aos comerciantes a possibilidade de abrirem seis horas em menos dias da semana ou quatro horas todos os dias A decisão deles foi pela abertura por quatro horas”, disse o prefeito.

Na primeira semana de reabertura do comércio, em junho, houve uma invasão de consumidores no Centro, chegando a 325 mil pessoas na primeira semana.

Também estão autorizados os eventos por meio de drive-in. É necessário obtenção de álvaras e cumprimento de regras sanitárias.

O secretário de Saúde, Carmino de Souza, disse que Campinas está numa situação muito mais confortável do que em junho, quando a cidade esteve por duas semanas na fase laranja. Isso porque o sistema de saúde está com mais folga em relação ao número de leitos, por exemplo. “Estamos evoluindo. Dos cinco indicadores do Estado para mudar a classificação das cidades, em quatro deles estamos verde”, disse Cármino.

Nova fase

O prefeito avalia que em 15 dias, Campinas poderá ir para a fase amarela, quando poderão funcionar as academias e restaurantes.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade