menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

“Casos de covid-19 estão menos graves”, diz secretário de Saúde de Campinas

Carmino de Souza diz que mudança do perfil da doença foi observada na última semana

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

09h57 - 04/07/2020

Atualizado há 3 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O secretário de Saúde de Campinas, Carmino de Souza, disse que os casos de covid-19 que têm chegado à rede de Saúde, tanto pública quanto privada, estão menos graves. Segundo ele, entre os meses de maio e junho, muitos dos pacientes precisavam ser levados à UTI.

A percepção da mudança da gravidade do quadro clínico dos pacientes, segundo ele, é uma percepção dos gestores dos hospitais de Campinas.

“Percebemos que tem sido reduzido o número de casos graves que necessitam de UTI. O que temos tido é um afluxo maior de pessoas com síndromes gripais que não são tão graves a ponto de precisarem de internação”, disse Carmino.

O secretário diz que essa percepção da mudança é baseada em estudos científicos que demonstram que a alta da disseminação do coronavírus dura cerca de oito semanas. “Tivemos uma evolução dos casos em maio e um mês dificílimo em junho (aumento de casos). Mas, percebemos que o perfil do paciente que chega aos hospitais está mudando”, disse Carmino.

Campinas coloca em funcionamento na próxima segunda-feira (03/07) 48 novos leitos – 10 de UTI e 30 de retaguarda – nos hospitais Ouro Verde e Mário Gatti.

Ontem, a cidade tinha 355 mortes e 9.308 casos confirmados da doença.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade