menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Entretenimento

Charlie Sheen é acusado de estupro por ator de “Os Goonies”

Revelação foi feita no documentário "My Truth: The Rape of Two Coreys"

Nativa FM

10h21 - 11/03/2020

Atualizado há 17 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O ator Corey Feldman, do clássico “Os Goonies” (1985), lançou nesta segunda-feira (09), o documentário “My Truth: The Rape of Two Coreys”. Nele, o astro divulga nomes de homens que supostamente teriam abusado sexualmente dele e do amgio Corey Haim, na década de 80.

Entre os nomes citados está o do ator Charlie Sheen, que entre outros papéis protagonizou a série “Two and a Half Man”. Procurado pelo site americano “Entertainment Weekley”, o astro negou categoricamente qualquer envolvimento no caso de abuso contra os atores do filme.

Feldman afirma que Sheen estuprou Haim durante as gravações de “A Inocência do Primeiro Amor” (1986). “Isso não foi uma coisa do tipo que aconteceu uma vez. Isso não foi como: ‘Ah, por falar nisso, isso aconteceu’. Ele deu muitos detalhes sobre isso”, alegou o ator.

O astro de “Os Goonies” disse que Haim, que morreu em 2010, revelou tudo à ele sobre o que teria acontecido à época. “Ele me disse: ‘Charlie me curvou entre dois carros, passou óleo nas minhas nádegas e me estuprou em plena luz do dia’. Qualquer pessoa poderia ter passado, qualquer um poderia ter visto”, disse.

“Ele me contou que foi estuprado no set de filmagens do filme quando ele ainda era um garoto”, revelou a ex-mulher de Feldman, Susannah Spague. “Ele me contou que Charlie Sheen foi o resonsável”, completou.

À época Haim tinha 13 anos, enquanto Charlie Sheen estava com 19 anos. Feldman ainda diz ter sido abusado sexualmente por outros três homens quando jovem: o ator Jon Grissom, o dono de uma boate Alphy Dominick e o empresário de jovem talentos Marty Weiss.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade