menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Campinas tem queda da taxa de transmissão do coronavírus

Taxa está em 1%, o que significa que uma pessoa doente pode transmitir a doença para outra pessoa

Rose Guglielminetti, Band Mais

11h07 - 31/07/2020

Atualizado há 5 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O secretário de Saúde de Campinas, Carmino de Souza, disse nesta sexta-feira (31/07), que a taxa de transmissibilidade do vírus entre pessoas caiu. Hoje está em 1%. Isso significa que cada pessoa infectada pode contamitar uma outra pessoa.

Segundo ele, na segunda quinzena de maio a cidade atingiu o maior índice de transmissão, quando chegou a 1,8%. E foi neste período, entre maio e junho, que os hospitais sofreram uma pressão grande por leitos tanto de UTI quanto de enfermagem.

Entre as possibilidades das razões da queda, está a adoção de isolamento social. “Se as pessoas ficarem separadas não têm como transmitir. Esse enfrentamento do pancadão e de festinhas vai ter de continuar para tentar manter a taxa de transmissão em queda”, disse o secertário de saúde.

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse que a reabertura do comércio é sempre um risco para a volta da contaminação. “O risco (de alta da transmissão) existe,mas há necessidade da retomada da economia. É uma travessia que temos de enfrentar”, disse Donizette.

Carmino disse que acima de 2% é considerado uma transmissão explosiva da doença. “O ideal é ter uma taxa menor do que 1%, quando teremos menos paciente chegando (hospitais) do que os curados”, explicou o secretário.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias