menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Entretenimento

Clonagem do WhatsApp aplicada por cibercriminosos continua fazendo vítimas

Ao ter livre acesso ao seu app, o hacker pode se passar por você para aplicar golpes em seus amigos e familiares.

Band FM

15h46 - 15/05/2020

Atualizado há 12 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Apesar de não ser uma prática nova, uma modalidade de golpe vem ganhando destaque no Brasil: a clonagem do aplicativo de mensagens WhatsApp.

De acordo com informações da PSafe, para clonar uma conta, o cibercriminoso cadastra indevidamente o número de telefone do usuário em outro dispositivo e, após esse processo, um SMS contendo um código de liberação de acesso é enviado ao celular da vítima.

“Depois, ela é induzida a fornecer esse código ao hacker (de variadas maneiras) e, em seguida, a sua conta de WhatsApp é bloqueada”, relata Emilio Simoni, diretor da Psafe.

Ao ter livre acesso ao seu app, o hacker pode se passar por você para aplicar golpes em seus amigos e familiares. Por isso, Simoni alerta que o usuário jamais deve informar o código de liberação de acesso do app que ele recebe para terceiros.

Além disso, é recomendável ativar a autenticação de dois fatores, disponível no próprio aplicativo, para aumentar a segurança da conta.

Com informações da Psafe

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade