menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Cohab entrou com pedido de suspensão de reintegração de posse da ocupação Mandela

Ocupantes têm de deixar a área até o dia 31 de agosto

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

16h50 - 20/08/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse nesta quinta-feira (20/08) que a Cohab (Companhia Popular de Campinas) pediu a suspensão da reintegração de posse da ocupação Mandela durante a pandemia do coronavírus. As famílias têm de deixar o local até o dia 31 de agosto.

“A Cohab fez uma petição no próprio processo para que não haja a reintegração”, disse o prefeito.

Há uma autorização da Justiça que deu ganho de causa aos proprietários da área para retomar a posse do imóvel de 5 mil metros quadrados. Eles teriam de ter deixado o local em janeiro deste ano, mas a prefeitura conseguiu um acordo entre o proprietário e os moradores prorrogando por mais seis meses o prazo para que as 108 famílias deixassem o local sem a necessidade de reintegração de posse. O prazo vence no dia 31 de agosto.

O prefeito disse ainda que a prefeitura está negociando com os cerca de 30 donos da área para que os moradores possam comprar o local. As famílias estão no local desde 2017.

Só neste mês os moradores fizeram três protestos, sendo que dois deles na prefeitura e um em frente ao prédio onde Jonas mora.

Jonas também ressaltou que os atos estão sendo usado com interesses políticos. “Têm dois ou três candidatos a vereador envolvidos nos protestos”, disse ele.

Os moradores querem a suspensão da reintegração de posse e um novo local para morar.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade