publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Com mais oito mortes confirmadas, Campinas chega a 1.560 óbitos por covid-19

Dos casos confirmados, 53.758 pessoas já se recuperaram, 232 estão internadas e 118 estão em isolamento domiciliar

Zezé de Lima, Blog da Rose

12h41 - 18/01/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O número de mortos em Campinas por causa do novo coronavírus chegou a 1.560, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, divulgados nesta segunda-feira. Foram oito novas mortes confirmadas no fim de semana e outras 10 estão em investigação. O município tem um total de 55.995 casos de covid-19, 610 a mais que na sexta-feira, dia 15.

Há 609 casos sendo investigados (33 a mais) e 141.706 foram descartados (1.912 a mais). Dos casos confirmados, 53.758 pessoas já se recuperaram (985 a mais), 232 estão internadas com Covid-19 (seis a mais) e 118 estão em isolamento domiciliar (474 a menos).

Perfil das vítimas


Cinco das vítimas eram mulheres e três eram homens. Todas apresentavam comorbidades e tinham mais de 60 anos, sendo que uma era maior de 90 anos, três tinham entre 80 e 89 anos e quatro entre 70 e 79 anos.

Sobre as vítimas


– Homem de 89 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 8 de janeiro em hospital privado. O exame foi em hospital privado.

– Homem de 79 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 4 de janeiro em hospital privado. O exame foi em hospital privado.

– Mulher de 78 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 13 de janeiro em hospital privado. O exame foi em hospital privado.

– Mulher de 71 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 7 de janeiro em hospital público. O exame foi no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher de 77 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 14 de janeiro em hospital público. O exame foi no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Homem de 85 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 11 de janeiro em hospital privado. O exame foi no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher de 84 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 12 de janeiro em hospital privado. O exame foi em hospital privado.

– Mulher de 92 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 17 de janeiro em hospital privado. O exame foi clínico e por tomografia.

0 Comentário

publicidade
publicidade
Mais notícias