menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Comércio não essencial pode abrir por quatro horas a partir de segunda-feira em Sorocaba

Cidade volta à fase laranja do Plano São Paulo

20h38 - 17/07/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A prefeitura de Sorocaba divulgou na tarde dessa sexta-feira (17/07) a decisão de flexibilizar o comércio na cidade. Os estabelecimentos autorizados poderão funcionar a partir da próxima segunda-feira (20/07). Por meio de um decreto, além do serviço essencial já liberado, a cidade volta a permitir o funcionamento de empresas de atividades imobiliárias; concessionárias; escritórios; comércio de rua e shoppings. Cada local poderá funcionar quatro horas por dia.

De acordo com o novo decreto municipal Nº 25837, entre os dias 20 e 26 de julho, excepcionalmente, o funcionamento dos estabelecimentos ocorrerá somente de segunda a sexta-feira. Após essa data, os comércios ficam autorizados a funcionar de segunda a sábado (quatro horas por dia).

A decisão da Prefeitura de Sorocaba aconteceu após uma reunião do Comitê de Combate ao Novo Coronavírus, que ocorreu na manhã desta sexta-feira (17/07), por meio de uma vídeo conferência. A reunião contou com a presença do secretário da Saúde, Ademir Watanabe; o médico e coordenador do comitê, Fernando Brum; o coordenador de estudo do novo coronavírus em Sorocaba, Luis Frederico Gerbase; além de outros secretário do governo municipal.

Durante a reunião, foi avaliado todo o cenário epidemiológico da cidade, como o número de casos; óbitos; internações; taxa de ocupação de leitos covid e fila de espera para UTI. Após um debate aprofundado, o grupo decidiu que nesse momento é possível flexibilizar o comércio na cidade.

Em relação à decisão de optar por quatro horas a abertura de funcionamento dos comércios permitidos com o novo decreto, a prefeita Jaqueline Coutinho informou que essa medida foi acordada e aprovada em reunião realizada na manhã desta sexta-feira com representantes do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp); Associação Comercial de Sorocaba (Acso); do Sindicato do Comércio Varejista de Sorocaba (Sincomércio); Sindicato dos Empregados no Comércio de Sorocaba (Sincomerciários); além de representantes dos shoppings centers da cidade.

“Entendemos que é o momento para a flexibilização do comércio, a economia não pode parar. Porém, é de extrema importância que a população se conscientize sobre as medidas para combater a Covid-19”, alertou a prefeita Jaqueline. A chefe do Poder Executivo também informou a ampliação de 43 para 81 leitos no Hospital de Campanha “Douglas Barbosa de Medeiros”.

Medidas restritivas

Ainda de acordo com o decreto municipal Nº 25837, os estabelecimentos deverão adotar medidas especiais visando à proteção de idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunodeprimidas, à luz das recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde.

Além das medidas e protocolos previstos nos artigos 1º e 2º, deverão os estabelecimentos adotar as determinações previstas no artigo 2º do Decreto Municipal nº 25.721, de 22 de abril de 2020, no que não forem contrárias ao presente Decreto, além da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial que dispõe o Decreto Municipal nº 25.733, de 4 de maio de 2020.

Horários de funcionamento

Nessa nova flexibilização, haverá três divisões para o funcionamento dos diferentes tipos de estabelecimentos. Os comércios de rua e galerias poderão funcionar das 9 às 13 horas, já os prestadores de serviços deverão atuar das 14 às 18 horas. As concessionárias e lojas de comércio de veículos deverão abrir das 9 às 13 horas.

Os shopping centers e galerias de supermercado, sujeitos à administração única, respeitando o limite de horário estabelecido no decreto e mediante prévia comunicação à municipalidade, poderão adequar seu horário de funcionamento às características operacionais do empreendimento.

Salões de beleza, cabeleireiros e barbearias

A prefeita Jaqueline Coutinho informou que entende que salões de beleza, cabeleireiro e barbearias, promovem saúde pública e devem ser liberados para funcionar. Para isso, a Prefeitura de Sorocaba entrará com um pedido na Justiça para solicitar essa autorização.

8.603 casos da Covid- 19

A Secretaria da Saúde registrou mais duas novas mortes confirmadas com o novo coronavírus, nesta sexta-feira (17/07). Apenas uma morte ocorreu neste dia, a outra foi na quinta-feira (16). Já os casos confirmados com a doença passaram de 8.603 para 8.739 na cidade. Os óbitos com a confirmação da doença aumentaram para 185.

Sorocaba recebeu a notificação de mais 136 novos casos confirmados da Covid-19 nesta sexta-feira (17). Com isso, a cidade chegou ao total de 8.739 casos. Deste total, 99 estão internados (48 em UTI) e o total de pessoas em recuperação (isolamento domiciliar) é 538. Já os recuperados totalizam 7.917. Vale ressaltar que pessoas testadas com resultado IgG, entram na contagem de confirmados, mas não necessitam de isolamento, pois são considerados como curados.

A cidade também passou de 358 para 352 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 91 estão internados em hospitais da cidade, sendo 37 em UTI. Há três óbitos em investigação. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 15.798.

Taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias