menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Entretenimento

‘Como Superar um Fora’: 4 lições do filme para lidar com um término

Band FM

11h36 - 20/01/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Após meses ou anos de muito amor, chega o momento do término. A separação nunca é simples. Afinal, o casal já está acostumado a estar juntos, compartilhar e estar sempre com a presença um do outro.

No entanto, como tudo na vida, chega um momento que é hora de cada um seguir sua vida e lidar com o término é sempre complicado.

A separação gera diversos sentimentos. Como viver sem a pessoa? Será que ficarei sozinho para sempre? O que devo fazer agora? Esses são alguns exemplos dos questionamentos que passam pela cabeça de quem, recentemente, se separou.

View this post on Instagram

#filme #netflix #comosuperarumfora

A post shared by Bruna Sabbo (@bruhsabbo) on

Esse é o caso da Maria Fé, principal personagem do filme peruano Como Superar um Fora, disponível na Netflix. Após seis anos juntos, seu namorado decide terminar subitamente por Skype.

Ela, sem imaginar que isso poderia acontecer, se vê em uma situação complicadíssima. Sua história repleta de altos e baixos apresenta mensagens muito importantes, principalmente para as mulheres que, assim como Maria Fé, estão passando por uma fase de separação.

Confira as melhores mensagens do longa! Ps: alerta de spoiler!

1. Sinta suas emoções

Maria Fé, após o término, passou por diversas fases em apenas uma noite. Ela passou pela negação, raiva, negociação, tristeza e, por fim, a aceitação. Em todas as fases, que foram rápidas, diga-se de passagem, a personagem realmente se entregou ao sentimento.

Sua atitude é uma das lições do filme. Reprimir os sentimentos não é uma atitude interessante para quem está sofrendo. Hilary Jacobs Hendel, psicoterapeuta e autor do livro Nem sempre é depressão, explica, em seu artigo publicado na Time, que as emoções têm energia e que ao reprimi-las nossa mente e corpo usam táticas criativas – incluindo contração muscular e prender a respiração. “Sintomas como ansiedade e depressão, que estão aumentando nos EUA, podem resultar da maneira como lidamos com essas emoções”, explica.

2. Conte com as amigas

Aceitar a ajuda das amigas, ou amigos, é outra lição do filme. A personagem contava com uma rede de apoio. Isso foi fundamental para que ela se sentisse mais forte.

3. Foque em você

O que você deixou de fazer e que amava? Há algo novo que gostaria de descobrir ou fazer?  Faça. Invista seu tempo em construir uma nova vida. O autocuidado é algo que podemos perceber durante o filme como essencial para que Maria Fe voltasse a construir uma rotina sem a presença do seu ex.

4. Solteira não significa solidão

Por fim, a última lição do filme é que estar solteira não significa solidão. É comum que ao terminar o namoro venha o medo de ficar sozinha. No entanto, isso só acontece por medo do desconhecido. Após algum tempo, Maria Fe se deu conta que não estava sozinha, pois tinha a si mesma e suas amigas.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade