menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe

Carlos Bassan/PMC

Notícias

Condepacc tomba Estádio da Mogiana

Medida não impede governo do Estado de vender a área, mas cria dificuldades

Band Mais

18h36 - 14/11/2019

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O Condepacc (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas aprovou, nesta quinta-feira (14/11), o tombamento do Centro Recreativo e Esportivo de Campinas Doutor Horácio Antônio da Costa (Cerecamp), popularmente conhecido por Estádio do Mogiana, Por 10 votos favoráveis, oito contrários e três abstenções, o local passa a ser reconhecido pelo órgão municipal como um patrimônio que deve ser preservado. O conjunto esportivo é de 1940.

A decisão não vai impedir o governo do Estado de São Paulo de vender o centro esportivo. Porém, com a medida o comprador da área terá que manter o estádio.

A proposta de venda está parado na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) desde agosto, quando os vereadores Gustavo Petta (PCdoB), Carlão do PT e Fernando Mendes (REPUB), além do deputado estadual Rafa Zimbaldi (PSB), se uniram para encontrar uma alternativa para o local. Com isso, eles conseguiram um compromisso do líder de governo na Alesp, Carlão Pignatari (PSDB), de que o projeto de venda só vai para a pauta de votação após se encontrar uma saída para o local.

A decisão do Condepacc foi comemorada pelo presidente da Comissão de Representação da Câmara Municipal de Campinas que trata especificamente do local, vereador Gustavo Petta (PCdoB) que classificou o tombamento como uma “vitória dos que lutam pelo patrimônio histórico da nossa cidade”

O tombamento também abre possibilidade para uso do potencial construtivo do imóvel tombado para sua preservação.



publicidade
publicidade
publicidade