menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Coronavírus: igrejas querem suspensão de pagamento de IPTU e taxas de lixo

Receita dos templos religiosos são reduzidas devido ao fechamento das igrejas

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

15h00 - 22/03/2020

Atualizado há 4 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O vereador de Campinas Antonio Flores (PSB), parlamentar ligado às igrejas evangélicas, conseguiu emplacar um requerimento na última quarta-feira (18/03), em que pede ao prefeito Jonas Donizette (PSB), em que pede a suspensão ou cancelamento da cobrança de impostos e taxas municipais aos templos religiosos da cidade.

O pedido é feito devido ao fechamento das igrejas desde a última sexta-feira (20/03), quando o prefeito determinou a suspensão de todos os eventos religiosos, esportivos, políticos e culturais da cidade. Com isso, as missas e os cultos presenciais foram suspensos para impedir a disseminação . As igrejas sobrevivem de dízimos e ofertas e a medida irá trazer uma redução na arrecadação nos templos religiosos.

O parlamentar sugere que haja a suspensão/cancelamento da cobrança de IPTU e taxa de lixo por 90 dias ou no prazo que durar o fechamento dos espaços religiosos. “Na próxima semana levaremos por volta de oito pastores (para não ter muitas pessoas na reunião) para falar com o Jonas sobre isto! As igrejas não querem a remissão dos impostos e sim apenas um adiamento”, disse Flores.

O secretário de Relações Institucionais, Wanderley Almeida, disse que as igrejas já têm isenção do IPTU. “Acho difícil essa demanda porque o município não pode abrir mão da cobrança da taxa porque é um serviço oferecido. E há ainda uma estimativa de perda de receita devido à desaceleração da economia (com fechamento de shoppings, suspensão de eventos, etc”, disse ele.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade