menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Covid-19 adoeceu 2,5 mil e matou oito trabalhadores de Saúde de Campinas

Outros 111 casos suspeitos da doença estão sendo investigados

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

09h00 - 29/08/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O coronavírus adoeceu 2.575 e matou oito trabalhadores de saúde em Campinas, desde o início da pandemia. Desse total, 2.567 se curaram da doença. Neste momento, 111 casos suspeitos entre os funcionários da Saúde estão sendo investigados.

A cidade tem cerca de 20 mil trabalhadores na área de Saúde nas redes privada e pública.

O secretário de Saúde, Carmino de Souza, afirma que todos os protocolos de saúde em relação aos servidores foram obedecidos. O adoecimento, porém, não é possível evitar, já que esses profissionais estão na linha de frente do combate ao vírus.

O diretor de Saúde do Sindicato dos Servidores, Luciano Santos, disse que a entidade tem exigido testagem em massa entre os trabalhadores, além dos EPIs – equipamentos de segurança. “Não apenas ter quantidade suficiente para todos, mas que tenham qualidade. Também pedimos para que haja treinamento para o manejo correto desses equipamentos”, explicou ele.

Segundo ele, houve um boom de funcionários infectados com o coronavírus em julho. “Queremos que a prefeitura abra para todo trabalhador infectado com a covid-19 uma comunicação de acidente de trabalho para ser caracterizado como doença ocupacional”, ressaltou ele, explicando que essas e outras demandas foram enviadas ao MPT (Ministério Público do Trabalho).

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade