menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Entretenimento

Dave Grohl revela que tinha medo de ser demitido do Nirvana

O músico contou sobre algumas inseguranças que o rondavam quando entrou no grupo

Tami Daniel , Educadora FM

19h24 - 04/07/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Caso você não saiba, o líder do Foo Fighters, também já foi baterista do Nirvana, no entanto, ele não foi o primeiro a integrar a banda juntamente com Kurt Cobain e Krist Novoselic, mas o quinto a assumir o instrumento.

Durante um bate-papo realizado recentemente com Mark Wilkinson, para a Apple Music, ele contou que quando eles começaram a fazer imenso sucesso, após o lançamento do álbum “Nevermind”, ele ainda não possuía grande intimidade com os outros dois, gerando sempre uma sensação de que sua estabilidade na banda poderia ser provisória, já que tudo aconteceu muito rapidamente.

Mesmo que a química sonora tenha rolado desde cedo, ele declarou o seguinte:

“Quando eu entrei, eu não sabia nada sobre Krist Novoselic ou Kurt Cobain. Quando nos conhecemos pela primeira vez e começamos a tocar, ficou claro que aquilo funcionava muito bem e nós soávamos como a maioria das pessoas sabe que soa o Nirvana hoje em dia. Passou praticamente um ano e lançamos o Nevermind. Quando saiu, foi tipo, coisas acontecendo rápido demais. Nos tornamos muito grandes, mas todas as bandas em que eu estive antes eram com amigos que eu conhecia há muito tempo, então havia alguma segurança em relação a isso. Você fica tão nervoso de que será demitido ou isso vai acabar. Eu basicamente não queria ser demitido. E então eu estava fazendo meu melhor pra impedir isso de ir embora. Então havia essa insegurança real que eu tinha, na qual não me sentia bom o suficiente e que eles iriam encontrar outra pessoa”.

Dave Grohl sempre sendo um ícone na espontaneidade e por meio desses desabafos mostrando como as lendas do Rock também são humanos com fragilidades e preocupações na cabeça.

Ainda bem que deu tudo certo e não importa onde ele esteja tocando, sua performance é sempre sinônimo de canções com muita alma e energia.

Vamos ouvir algumas?

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias