menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Delegado descarta legítima defesa de suspeito que matou jovem em bar

Depoimento durou 2h30 e irmão do dono do bar foi o responsável pela morte de Andrew Silva

Lucimeire Ramalho, Band Mais

15h51 - 13/02/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O delegado do 1º Distrito Policial, Hamilton Caviola Filho, descartou alegação de legítima defesa do suspeito que matou com uma facada o jovem Andrew Silva, de 19 anos, numa briga no bar Velho Casarão, no Centro de Campinas, na madrugada do último domingo (09/02).

A Polícia Civil ouviu na manhã desta quinta-feira (13/02) um dos donos do bar, identificado como Márcio, e irmão de Osmar Poris Silva, apontado pela polícia como o autor do crime. Márcio alegou ao delegado que o irmão teria agido para defendê-lo de uma agressão. Porém, segundo Caviola, as imagens mostram que Andrew estava caído no chão e cercado por outras 10 pessoas quando levou a facada.

De acordo com a Polícia, o tumulto começou depois que um garçom derrubou ketchup na roupa de um cliente.

Andrew Silva, não estava na briga neste momento, mas acabou se envolvendo na confusão logo depois, já do lado de fora do bar, quando o tumulto se generalizou.

Dali, a confusão continuou a cerca de quatro quadras do bar, na rua José Paulino. Foi neste local, que o jovem foi agredido por um grupo. Ele teria caído no chão e levou a facada.

A faca utilizada no crime ainda não foi encontrada. Até agora a polícia ouviu quatro pessoas.

O delegado disse que apesar de o assassino já estar identificado, ele vai ouvir outras testemunhas. “Só vou ouvir Osmar após tomar o depoimento de todos os que estavam no local”, disse Caviola.

Após todos os depoimentos, o delegado vai decidir se pedirá a prisão de Osmar Silva.

Marcio, irmão de Osmar, saiu da delegacia sem conversar com os jornalistas.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade