publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Deputado bolsonarista Daniel Silveira é preso pela PF

O parlamentar divulgou vídeo com ofensas aos ministros do STF

Manuel Correia, Band Mais

07h03 - 17/02/2021

Atualizado há 15 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso pela Polícia Federal na noite desta terça-feira (16). A prisão partiu por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), depois que o parlamentar divulgou um vídeo com ataques e ofensas aos integrantes da corte.

No vídeo, Silveira incitou o público para que agredissem fisicamente os ministros do STF, além de pedir a “destituição” deles. O deputado é investigado na ação que apura atos antidemocráticos, em que foram organizadas e realizadas manifestações com ataques ao Legislativo e ao Judiciário. Ele também é investigado no processo das fake news contra os magistrados.

“As condutas criminosas do parlamentar configuram flagrante delito, pois verifica-se, de maneira clara e evidente, a perpetuação dos delitos acima mencionados, uma vez que o referido vídeo permanece disponível e acessível a todos os usuários da rede mundial de computadores, sendo que até o momento, apenas em um canal que fora disponibilizado, o vídeo já conta com mais de 55 mil acessos”, disse o ministro Alexandre de Moraes na decisão.

“Não só atingem a honorabilidade e constituem ameaça ilegal à segurança dos ministros do Supremo Tribunal Federal, como se revestem de claro intuito visando a impedir o exercício da judicatura, notadamente a independência do Poder Judiciário e a manutenção do Estado Democrático de Direito”, completou dizendo que são gravíssimas as declarações e junto disso, pediu ao YouTube que bloqueie o vídeo publicado pelo parlamentar.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias