menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Devisa suspeita que nova variante da covid-19 está em circulação em Campinas

Saúde começou a fazer o sequenciamento genético dos casos mais graves

Rose Guglielminetti

16h28 - 17/02/2021

Atualizado há 5 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A diretora do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde), Andrea Von Zuben, disse nesta quarta-feira (17/02) que suspeita que a nova variante da covid-19, a P1, cepa detectada em Manaus, esteja circulando em Campinas. Isso porque houve um aumento de casos e de internação por causa da doença. De ontem para hoje, foram confirmados mais 446 casos, chegando a 66.446 pessoas contaminadas com a doença.

Por causa dessa suspeita, a Secretaria de Saúde começou a fazer o sequenciamento genético dos casos mais graves para confirmar se a cepa P1 circula na cidade.

Na última segunda-feira (15/02), a Saúde havia divulgado que a nova variante havia sido identificada na cidade. Uma paciente de 78 anos veio de Manaus no dia 14 de janeiro e desembarcou no aeroporto internacional de Viracopos. Ela foi levada a um hospital e ficou isolada.

“Monitoramos tudo e pareceu que não houve transmissão em Campinas, mas pode ter ocorrido”, disse ela, que acrescentou que “não temos certeza dessa circulação porque ainda não temos nenhum campineiro com essa variante.”.

A mudança no padrão epidemiológico reflete na demanda sobre os hospitais. Segundo o prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), a situação é dramática. O SUS municipal está próximo de 90% de ocupação dos leitos de UTI para pacientes com covid-19.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias