menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Esporte

Em casa, Grêmio e Bragantino estreiam com vitórias na Sul-Americana

Corinthians também iniciou disputa da Sul-Americana, nessa quinta em Assunção, com empate sem gols com o River Plate do Paraguai

Agência Brasil

06h55 - 23/04/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Os primeiros representantes do futebol brasileiro a jogarem nessa quinta-feira (22) pela Copa Sul-Americana se deram bem contra rivais colombianos. O Grêmio derrotou o La Equidad por 2 a 1 em Porto Alegre, pelo Grupo H, mesmo placar da vitória do Red Bull Bragantino sobre o Tolima no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pelo Grupo G.

O Massa Bruta será o primeiro a voltar a campo pelo torneio continental, na próxima quarta-feira (28), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Emelec (Equador) no estádio George Capwell, na cidade equatoriana de Guayaquil. O Talleres (Argentina) é o outro integrante da chave bragantina. Na quinta (29), no mesmo horário, o Tricolor pega o Lanús (Argentina) no La Fortaleza, em Lanús, província da capital argentina Buenos Aires. O duelo reedita a final da Libertadores de 2017, vencida pelos gaúchos. O Aragua (Venezuela) também faz parte do grupo gremista.

Antes, as equipes têm compromissos pelas respectivas competições estaduais. No sábado (24), às 21h, o Grêmio visita o Ypiranga no Colosso da Lagoa, em Erechim (RS), pela última rodada da primeira fase do Campeonato Gaúcho. No domingo (25), o Bragantino recebe a Ferroviária às 20h, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Vitória em Porto Alegre

Em um primeiro tempo de poucas emoções, o Grêmio foi pouco melhor e conseguiu sair na frente. Aos 36 minutos, Ferreirinha cruzou pela esquerda e o também atacante Diego Souza, de cabeça, abriu o placar.

O La Equidad voltou mais agressivo para a segunda etapa e quase empatou aos seis minutos, o atacante Diego Herazo foi lançado na área, e tocou na saída de Brenno, mas o zagueiro Ruan salvou. No rebote, o atacante Larry Angulo parou no goleiro. O Tricolor respondeu aos 12, após escanteio batido pelo lateral Rafinha e cabeçada de Diego Souza que passou rente ao gol. Dez minutos depois, o volante Pablo Lima bateu falta com perigo e Brenno defendeu, mandando para escanteio.

Aos 26 minutos, o zagueiro Rodrigues recebeu o cartão vermelho por uma falta dura, fora do lance, no lateral Walmer Pacheco. Técnico interino do Grêmio, Thiago Gomes trocou o meia Jean Pyerre por Paulo Miranda aos 29, para reforçar a defesa. Dois minutos depois da substituição, Rafinha cruzou pela direita, Diego Souza escorou de cabeça e o zagueiro, que tinha acabado de entrar, ampliou a vantagem.

Os colombianos se lançaram ao ataque para tentar diminuir o prejuízo. Aos 39 minutos, Brenno fez outra grande defesa em chute forte de Lima. Já aos 44, o goleiro nada pôde fazer na finalização do atacante Omar Duarte, no ângulo. Em meio ao desespero na busca pelo empate, o próprio Duarte foi expulso após carrinho em Rafinha. Melhor para o Grêmio, que saiu com os três pontos sob os olhares de Tiago Nunes, novo técnico, que acompanhou a partida em uma cabine da Arena.

Triunfo do Massa Bruta

O Bragantino não demorou a sair na frente do Tolima. Aos nove minutos, o meia Claudinho bateu cruzado pela esquerda, a bola desviou no lateral Nilson Castrillón, na trave e foi para as redes. Os paulistas continuaram no ataque, mas sem lances claros de gol. Quando o jogo começava a ficar truncado e mais equilibrado, o Massa Bruta ampliou. Aos 44 minutos, Ytalo aproveitou o rebote de um chute do também atacante Helinho e fez o segundo.

Na etapa final, o time brasileiro controlou as ações na maior parte do tempo. Só nos minutos finais é que o Tolima assustou. Os colombianos quase balançaram as redes aos 46 minutos, em chute cruzado do meia Jaminton Campaz, defendido pelo goleiro Cleiton. Aos 47, o árbitro viu pênalti do lateral Aderlan por desviar a bola com o braço na área. O zagueiro Sergio Mosquera bateu e converteu, mas foi insuficiente para mudar a história do jogo.

Corínthians

O Corinthians também iniciou a disputa da Copa Sul-Americana, nessa quinta-feira (22) no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, com um empate sem gols com o River Plate do Paraguai pelo Grupo E da competição.

Com este resultado, o Timão e a equipe paraguaia dividem a vice-liderança da chave, com apenas um ponto conquistado. A liderança é do Peñarol (Uruguai), que também nesta quinta superou o Sport Huancayo (Peru) por 5 a 1.

E o Corinthians volta a entrar em campo pela competição justamente contra o Peñarol, na próxima quinta-feira (29) em São Paulo.

0 Comentário

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias