menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Emdec inaugura trecho do BRT no Jardim Santa Lúcia

Projeto prevê sistema exclusivo de ônibus que vai ligar o Centro aos distritos do Ouro Verde e Campo Grande

Rose Guglielminetti, Band Mais

17h37 - 07/11/2019

Atualizado há 4 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Emdec, empresa que gerencia o trânsito de Campinas, entregou mais um trecho do BRT – sistema de corredores exclusivos que vai ligar o Centro de Campinas aos distritos do Ouro Verde e Campo Grande. Hoje foi entregue cerca de 1 km da obra, na Avenida Ruy Rodriguez. O trecho está inserido entre a futura Estação Santa Lúcia, na altura do Extra Amoreiras e a Avenida Professora Maria Julieta Godoi Cartezani; cortando os bairros Jardim Santa Lúcia, Jardim Capivari e Jardim Yeda. com isso, já são 10 quilômetros de corredores do BRT.  

Prefeito de Campinas, Jonas Donizette (ao Centro), entregou trecho do BRT

São dez faixas de rolamento no total, sendo quatro faixas expressas para os veículos em geral (duas faixas por sentido) e quatro faixas nas vias marginais. As duas faixas centrais, junto ao canteiro central, são exclusivas do sistema de transporte público coletivo municipal.  

A região recebeu nova pavimentação asfáltica nas faixas por onde circulam os demais veículos. Também foi executada nova sinalização viária; tanto vertical (placas), como horizontal (solo). O canteiro central recebeu a implantação de grama e foram implantados novos semáforos que ampliaram a segurança viária, próximo à Rua Dra. Joana Zanaga Aboim Gomes. 

“Este é o quinto trecho dos Corredores BRT que entregamos para a população. Com essas entregas parciais, a população já sente, em seu dia a dia, os benefícios que as obras estão trazendo”, disse o prefeito Jonas Donizette (PSB) durante o evento de entrega do trecho.

A região liberada para circulação integra o Trecho 2 do Lote 4 do Corredor BRT Ouro Verde, que vai do futuro Terminal Campos Elíseos até o Terminal Ouro Verde, com 5,7 km de extensão. O valor total do lote é de R$ 104,9 milhões.

No total, serão 36,6 quilômetros de corredores, 18 pontes e viadutos, 37 estações e seis terminais. Com custo total de R$ 451,5 milhões, a entrega total da obra está prevista para meados de 2020 e beneficiará, diretamente, 450 mil pessoas.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade