menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Estado do Tennesse, nos EUA, é devastado por tornados que também atingiram Kentucky e Missouri

Já foram registradas 22 mortes e várias dezenas de feridos; dezenas de casas foram arrasadas e mais de 50 mil pessoas ficaram sem eletricidade

Agência Brasil, Band Mais

05h58 - 04/03/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Pelo menos oito tornados atingiram na madrugada de terça-feira (3) os estados norte-americanos do Missouri, do Kentucky e, de forma particular, do Tennesse, durante uma tempestade de relâmpagos. Neste último, dezenas de casas foram arrasadas e quase 50 mil pessoas ficaram sem eletricidade. Já foram registradas 22 mortes e várias dezenas de feridos.

O número de mortes subido nas últimas horas e pode aumentar, afirmou a Agência de Gestão de Emergências do estado, devido ao grande número de desaparecidos.

Equipas de socorro têm feitos buscas casa a casa, de destroços em destroços, à procura de vítimas e sobreviventes, revelou o departamento de bombeiros de Nashville, capital do estado do Tennessee, fortemente atingida pelos tornados e que registou até agora 30 feridos.

Quase meia centena de edifícios foram destruídos em Nashville e diversos outros foram afetados, disse o diretor do departamento de bombeiros, William Swann. A cidade tem 691 mil habitantes. O presidente Donald Trump prometeu visitar o estado na sexta-feira. “Orações pelos afetados pelos devastadores tornados no Tennessee”, escreveu Trump na sua página oficial do Twitter.

Donald J. Trump@realDonaldTrump

Prayers for all of those affected by the devastating tornadoes in Tennessee. We will continue to monitor the developments. The Federal Government is with you all of the way during this difficult time. https://twitter.com/marshablackburn/status/1234823263429238784 …Sen. Marsha Blackburn@MarshaBlackburnThank you to our first responders for their tireless efforts to bring Tennesseans to safety. I will be in regular contact with our state and local partners to offer any support necessary. We are praying for those who lost their lives & those who were injured. #nashvilletornado56.4K11:49 AM – Mar 3, 2020Twitter Ads info and privacy16.3K people are talking about this

John Partipilo, um fotógrafo que mora em East Nashville, a cerca de cinco quarteirões da área mais afetada pelos tornados, disse aos jornalistas que se escondeu na casa de banho com a cadela, Lucille, quando um dos tornados passou pela sua casa.

“Era como uma coisa enorme acelerada… Depois ficou tudo muito silencioso”, recordou. “Era como o som de um comboio, é difícil de explicar… Um rosnido”.

Veículos esmagados, montes de destroços e linhas elétricas caídas obstruiam as ruas e as estradas, bloqueadas pelos veículos de pronto socorro.

“É como uma zona de guerra”, descreveu Charlotte Cooper, professora, cuja casa escapou à passagem de um tornado com janelas rachadas e uma cerca tombada.

“Precisamos que nos ajudem”, apelou o capitão da polícia de Mt Juliet, um subúrbio a leste de Nashville, onde a passagem de um dos tornados deixou muitas casas destruídas e fez vários feridos. “E se isso significar ficarem em casa, fiquem”, acrescentou.

A empresa municipal Nashville Electric afirma que mais de 47 mil dos seus clientes está sem eletricidade, depois dos estragos em quatro subestações de distribuição, em 15 linhas primárias e da queda de múltiplas linhas e postes.

O aeroporto John C.Tune “foi seriamente afetado” e vários hangares foram destruídos.

A passagem dos tornados coincidiu, não pela primeira vez, com a super-terça feira, dia em que vários estados dos Estados Unidos votam nos seus candidatos favoritos a uma candidatura à Casa Branca.

Em 2008, um tornado noturno deixou grandes estragos no centro de Tennessee.

Esta terça-feira, a votação no Tennesse prosseguiu numa quase normalidade, com as estações do voto abrindo apenas uma hora depois do previsto inicialmente. Algumas tiveram de mudar de local.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade