menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

“Estamos em dias melhores, mas não vou pedir nenhum favor”, diz Jonas sobre reabertura do comércio

Governo de São Paulo decide amanhã se Campinas avança ou permanece na fase vermelha do Plano SP de Flexibilização

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

17h39 - 16/07/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse nesta quinta-feira (16/07), que a cidade “está em dias melhores” em relação ao número de mortes e casos pelo coronavírus, além da taxa de ocupação. O comentário foi feito em relação a uma pergunta se Campinas poderá voltar amanhã (17/07) para a fase laranja, com liberação do comércio de rua e shoppings, ou se permanecerá na fase vermelha, apenas com atividades essenciais liberadas.

“Temos convicção que Campinas está em dias melhores que apontam uma estabilização. Já em relação a internação está em 79% e 82%. Não vou pedir favor e nem acho que o governador (João Doria) se prestaria a isso”, disse ele.

Amanhã, o governo do Estado de São Paulo divulga a reclassificação das cidades no Plano SP de Flexibilização. Há duas semanas, 42 cidades da região de Campinas estão na fase vermelha por causa da pressão sobre os leitos de UTI. Cidades que passam de 80% da taxa de ocupação ficam na fase vermelha, que libera o funcionamento apenas das atividades essenciais.

A taxa de ocupação em Campinas nesta quinta-feira (16/07 está em 85,85%. Dos 410 leitos de UTI nas redes pública e particular, 352 estão ocupados.

Segundo o secretário de Saúde, Carmino de Souza, a tendência é a redução da procura por leitos de retaguarda nos hospitais. “As mortes e a pressão sobre os leitos ainda está alta, mas deve se estabilizar”, disse ele.

“Não dá para saber o que o governo vai decidir. Eles devem me avisar hoje à noite ou amanhã de manhã”, disse Jonas.

Casos

Campinas tem hoje 516 mortes e 12.884 casos confirmados da covid-19.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade