menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

“Estamos fazendo o que o presidente não fez”, diz Doria

Governador defendeu medidas restritivas tomadas pelos seus colegas de outros estados

Rose Guglielminetti, Band Mais

15h27 - 20/03/2020

Atualizado há 14 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta sexta-feira (20/03) que os governadores do país estão fazendo o que o presidente Jair Bolsonaro não está fazendo no combate ao novo coronavírus.

“Estamos fazendo aquilo que ele não faz: liderar o processo. Estabelecer informações claras, não minimizar os processos, compreender a importância do respaldo da informação científica e da área de medicina”, disse Doria.

O governador respondeu a um questionamento devido a uma fala do presidente que criticou os governadores. Segundo o presidentes, eles têm tomado atitudes que não seriam da competência deles. “Têm certos governadores que estão tomando medidas extremas que não competem a eles, como fechar aeroportos, rodovias, shoppings e feiras”, disse ele.

Ontem, Doria recomendou o fechamento dos shoppings e suspensão de cultos e missas. “O setor privado tem seguido as recomendações numa solidariedade plena e absoluta. A boa prática não é só do governo”, disse o tucano, acrescentando que o Bolsonaro “quando faz, faz errado”.

O governador disse ainda que nesta segunda (23/03) os governadores irão se reunir para discutir medidas conjuntas sobre o combate ao coronavírus.

Doria também fez menção envolvendo à polêmica entre Eduardo Bolsonaro e a Embaixada da China. O deputado criticou o país e foi duramente criticado pela representação diplomática da China. “Não é justo que quem quer que seja, brasileiro ou não, possa fazer qualquer tipo de acusação à China”, disse o tucano, que tem estabelecido um contraponto ao presidente.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade