menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Estoque no Hemocentro da Unicamp está em alerta

A doação caiu em 25% e Hemocentro tomou medidas protetivas para receber doações

Laísa Diório, Band Mais

18h05 - 18/03/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O estoque do Hemocentro do HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, em Campinas, está em alerta e pede para que as pessoas mantenham as doações de sangue normalmente durante o período de pandemia provocada pelo novo coronavírus.

O número de bolsas de sangue do órgão já estava baixo por causa do Carnaval. Agora, o número de doadores diminuiu ainda mais desde os primeiros casos de Covid-19 registrados no Estado de São Paulo.
Nesta terça-feira (17/03), houve queda de 25% nas doações de sangue pelo segundo dia seguido, de acordo com o Hemocentro.

Foram tomadas algumas medidas de proteção em função do momento crítico e a fim de manter a doação de sangue normalmente, com margem de segurança no estoque. A orientação é que o doador compareça sozinho, justamente para minimizar a disseminação do vírus.
E todos os procedimentos seguem as normas de higiene e os protocolos adotados pelo Ministério da Saúde e Anvisa.

Nas salas de coleta, as cadeiras foram afastadas para garantir a saúde dos funcionários e também dos doadores, além da sala de espera que foi instalada do lado de fora do prédio.

Alertas também foram fixados para pessoas que viajaram ao exterior ou estão com sintomas de tosse e febre. Nesses casos, é necessário esperar 30 dias para doar sangue.

O Hemocentro do Hospital de Clínicas da Unicamp abastece hospitais de 39 cidades da região de Campinas e atualmente tem cerca de mil bolsas. O número é ainda considerado normal, mas é preciso que as doações continuem ocorrendo para manter esse estoque.

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde e alimentado, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e apresentar um documento de identidade original com foto recente.

Reagendamento de consultas no Hemocentro:
• Todas as consultas agendadas foram avaliadas individualmente por nossa equipe médica e, caso possível, reagendadas. Se sua consulta foi reagendada, você receberá um contato telefônico de nossa equipe.
• Qualquer dúvida, entre em contato conosco pelo email: [email protected] para se informar sobre a manutenção de sua consulta, ou sobre a data do novo agendamento.
• Nenhum paciente perderá sua vaga em nossos ambulatórios em caso de falta ou reagendamento.

O que fazer em relação à doença que trato no Hemocentro?
• Siga as orientações que já recebia sobre sua doença no que diz respeito aos cuidados, riscos e tratamento.
• Além disso, informações específicas sobre cada doença, incluindo um telefone para contato, serão publicadas ao longo das próximas duas semanas em nosso site www.hemocentro.unicamp.br ou redes sociais (Instagram)

E minhas receitas e meus medicamentos?
• Medicamentos liberados no Hemocentro poderão ser retirados com receitas com validade de até 6 meses.
• Caso você tenha mais de 60 anos, ou apresente qualquer sintoma gripal (febre, tosse, coriza) não compareça ao Hemocentro. Envie um familiar mais jovem para retirada dos medicamentos.
• Caso você necessite de receita médica relativa a seu tratamento no Hemocentro, entre em contato pelo email: [email protected] e você receberá orientações

O que devo fazer em caso de febre ou sintomas gripais?
• Atualmente a orientação é que casos leves permaneçam em isolamento domiciliar (em casa), e casos com qualquer grau de dificuldade respiratória procurem atendimento médico nas unidades designadas para este fim pelas Secretarias Municipais de Saúde.
• O Hemocentro atende pacientes imunossuprimidos em tratamento por doenças como leucemias e outras formas de câncer, de forma que não somos uma unidade preparada para atendimento a casos de infecção com o novo coronavírus. Assim, pacientes ou familiares que apresentam sintomas, ou que tenham tido contato com outros casos confirmados não devem comparecer ao Hemocentro.
• Diante da rapidez com que as informações são atualizadas, recomendamos que nestes casos sejam consultados os canais de informação do Ministério da Saúde através do site https://coronavirus.saude.gov.br/ ou as autoridades de saúde locais (prefeitura, Unidades Básicas de Saúde).

Onde mais posso me informar?
Cadastre-se nas redes sociais do Hemocentro da Unicamp para obter informações atualizadas sobre seu tratamento.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade