menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Estudo epidêmico vai balizar pedido de ascensão à Zona 3 do Plano São Paulo para Sorocaba

Band Mais

19h54 - 28/05/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A prefeita Jaqueline Coutinho recebeu, no início da tarde desta quinta-feira (28/05), o estudo feito em parceria pela Secretaria da Saúde e pelo Comitê de Avaliação e Combate ao Coronavírus sobre a situação epidêmica em Sorocaba. O documento é considerado determinante pela gestão municipal para a reivindicação, junto ao Governo do Estado, da ascensão à Zona 3 do Plano São Paulo de flexibilização da atividade econômica em todo o estado. A Prefeitura deverá oficiar o pedido ao governo nesta sexta-feira (29/05).

Sorocaba encontra-se na Zona 2 de uma escala de 5 fases. Neste patamar, a cidade poderá liberar, a partir da próxima segunda-feira, 1 de junho, o funcionamento de empresas de atividades imobiliárias; concessionárias de veículos; escritórios de toda natureza, comércio de rua e shoppings centers. A reabertura, contudo, impõe restrições como a limitação de 20% do público à área de cada empresa.

Na Zona 3 do Plano São Paulo, Sorocaba teria liberados, também, bares, restaurantes e similares, além de salões de beleza, com o aumento do percentual de atendimento para 40% da capacidade total dos espaços.

Mais duas mortes

A Secretaria da Saúde de Sorocaba registrou mais duas novas mortes confirmadas com o novo coronavírus nesta quinta-feira (28/05). A primeira vítima trata-se de uma mulher de 81 anos sem comorbidades e faleceu na noite desta quarta-feira (27/05). Ela estava internada num hospital público de Sorocaba. A segunda morte, também mulher, tinha 90 anos e era cardiopata e diabética. Ela estava internada num hospital particular da cidade e faleceu nesta quinta-feira (28/05). Os óbitos com a confirmação da doença aumentaram para 43.

Também nesta quinta-feira, Sorocaba recebeu a notificação de mais 42 novos casos confirmados da Covid-19. Com isso, a cidade chegou ao total de 870 casos. Deste total, 30 estão internados (11 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação passou de 756 para 797.

A cidade também passou de 122 para 179 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus e que aguardam resultados. Entre todos os suspeitos, 48 estão internados em hospitais da cidade, sendo 17 em UTI. Os óbitos em investigação aumentaram para oito. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 1.700.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade