menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

EUA têm mais uma noite de violentos protestos por causa do racismo

Manifestações ocorrem após morte do negro George Floyd, provocada por um policial branco de Minnesota, que se ajoelhou sobre pescoço do ex-segurança

Agência Brasil, Band Mais

07h29 - 01/06/2020

Atualizado há 3 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Manifestantes voltaram a protestar nas ruas das principais cidades dos Estados Unidos nesse domingo (31) contra o racismo após a morte do negro George Floyd, provocada por um policial branco de Minnesota, que se ajoelhou sobre o pescoço do ex-segurança. Após um início pacífico, que contou com a participação de policiais em alguns estados, houve novos confrontos e prisões. Dezenas de cidades estão sob toque de recolher.

Toda a Guarda Nacional de Minnesota foi ativada pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial. O governador do estado, Tim Walz, disse que o destacamento era necessário porque participantes dos atos estavam usando os protestos pela morte de George Floyd para espalhar o caos.

De Minneapolis a Nova York, Atlanta e Washington, manifestantes entraram em conflito com a polícia, em uma onda crescente de raiva em relação ao tratamento de minorias pela polícia. No total, 75 cidades norte-americanas foram às ruas nesse domingo.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade