menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Executiva estadual do PSL intervém em Campinas e muda direção do partido

Nova direção vai apoiar candidatura de Rafa Zimbaldi

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

14h05 - 05/09/2020

Atualizado há 14 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin



A discordância sobre qual candidato o PSL deve apoiar à Prefeitura de Campinas nas eleições de novembro desaguou na intervenção da Executiva Estadual na direção do partido em Campinas com a mudança da direção do partido.

Sai André Ribeiro e entra Fábio Garibe, que passa a ser o presidente do PSL de Campinas. O primeiro tinha fechado apoio à chapa Dario Saadi/Wandão, candidatos ligados ao prefeito Jonas Donizette (PSB). O segundo vai cumprir a determinação do presidente estadual da legenda, o deputado federal Júnior Bozzella, que é apoiar a candidatura de Rafa Zimbaldi.

“Sou amigo do Rafa de longa data e acredito no seu potencial para governar Campinas”, disse Garibe.

Rafa costurou o apoio na esfera estadual. Com isso, a ordem veio de cima para baixo

Bozella chegou a cancelar a convenção marcada por André no dia 8 de setembro. Os pré-candidatos a vereadores podem ficar tranquilos. Todos terão seu direito à legenda garantido e apoio irrestrito às suas candidaturas”, explica. A nova reunião será no dia 10 de setembro.

A costura colocou em saia justa os vereadores da legenda – Edison Ribeiro e Cidão Santos – que integram a base governista do prefeito de Campinas. Outro que ficou numa situação complicada é o presidente da Sanasa, Arly de Lara Romeo. Ele mudou para a legenda neste ano.

André Ribeiro disse que não foi comunicado pela direção do PSL sobre a mudança. “Disseram que não atendi as resoluções, o que não é verdade. Queria que eu assinasse um documento que o apoio tem de ser pro Rafa. Eu tenho que esperar a convenção para decidir os critérios. Vou uma decisão deles. Estou tranquilo”, disse ele.

Ribeiro disse que vai manter a convenção que ele havia agendado. “Eles colocaram pessoas na nova diretoria que nem filiados são no partido. Pelo estatuto, para asssumir cargos, as pessoas têm de ter, no mínimo, 15 dias de filiação”, disse ele.

Solidariedade

Em convenção neste sábado (05/09), o Solidariedade definiu que vai apoiar Rafa Zimbaldi como candidato a prefeito de Campinas.

Rafa Zimbaldi e Wilson José, presidente do Solidariedade, em convenção que deliberou pela coligação





0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade