menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Prefeitura de Sorocaba

Notícias

Fiscalização fecha 8 estabelecimentos por descumprimento ao decreto municipal em Sorocaba

Comércio de rua e galerias com serviços não essenciais podem funcionar das 9 às 13 horas

Band Mais

18h14 - 31/07/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Nesta sexta-feira (31/07), a Fiscalização da Secretaria de Segurança Urbana (Sesu) esteve no Centro; na Vila Artura; no Jardim América; Jardim Guadalajara, Parque Campolim e Zona Norte. Os fiscais fecharam 8 estabelecimentos que estavam funcionando fora do horário permitido da Fase Laranja do Plano São Paulo e estiveram nos shopping orientando sobre o novo decreto municipal vigente.

No Panorâmico, Sorocaba Shopping, Cidade e Iguatemi Esplanada foram fiscalizados com orientação aos administradores quanto às alterações na legislação que, agora, além de permitir o funcionamento por quatro horas, define que esse horário seja afixado em local visível ao público.

Com o novo decreto nº 25.853, publicado nesta quinta-feira (29), no jornal Município de Sorocaba, fica estendido até 10 de agosto de 2020 o período de restrições de que trata o decreto nº 25.663, como medida necessária ao enfrentamento da pandemia do Covid-19.

O comércio de rua e galerias com serviços não essenciais podem funcionar das 9 às 13 horas. Os prestadores de serviços deverão atuar das 14 às 18 horas. Já as concessionárias e lojas de comércio de veículos deverão abrir das 9 às 13 horas. Além de todas as medidas sanitárias para se evitar a transmissão do novo coronavírus devem ser atendidos: uso obrigatório de máscaras faciais, disponibilidade de álcool 70% e o distanciamento social.

Quinta-feira

Na quinta-feira (30) a Fiscalização visitou 42 estabelecimentos e fechou 13 comércios que estavam funcionando fora do horário permitido. Além disso, as lanchonetes na região central foram orientadas a não permitir o consumo no local visto que, embora não tenha sido constatado o consumo durante a vistoria, havia mesas preparadas para a utilização.

A infração ao disposto implicará na imposição das penalidades, incluída a aplicação de multas, ou suspensão de licença sanitária ou de funcionamento, sem prejuízo de responsabilização nas esferas cível e penal.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade