menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Fiscalização fecha “balada” no Caguaçu, em Sorocaba, por não respeitar decreto

Cidade instituiu o estado de calamidade pública

Band Mais

18h08 - 29/03/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Fiscalização da Secretaria de Segurança Urbana, com o auxílio da Guarda Civil Municipal (GCM), fechou na noite de sábado (28/03), um estabelecimento comercial no bairro Gaguaçu, em Sorocaba, por não respeitar o decreto 25.663, instituindo o estado de calamidade pública no município.

A fiscalização orientou os frequentadores, a maioria jovens, a irem para casa. O organizador do evento foi notificado por não possuir inscrição municipal para o funcionamento da atividade e por descumprir o decreto 25.663, de 21 de março de 2020, que suspende as atividades comerciais enquanto durar o estado de emergência. Conforme o decreto, está suspenso o funcionamento de estabelecimentos que explorem a atividade de bar, cinemas, teatros, casas de espetáculos, shows, boates, salões de festas, clubes, academias e outros estabelecimentos que aglomerem grande número de pessoas.

Qualquer cidadão pode denunciar os comerciantes que não estejam cumprindo o que está previsto no decreto. As denúncias podem ser feitas pelos canais de ouvidoria http://www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/, via whatsapp (15) 99129-2426 e pelo telefone 156, número da Guarda 153 e Defesa Civil 199. (Secom Sorocaba).

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade