publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Força-tarefa contra covid-19 dispersa mais de 2 mil em festas e pancadões na abertura do Carnaval

No Jardim Rosália havia cerca de mil participantes de festa, 200 estavam na Chácara Líder, 200 na Chácara Tropical, 400 no Campo Belo e 200 no Vila Olímpia

Band Mais

11h19 - 13/02/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A força-tarefa de fiscalização da Prefeitura de Campinas dispersou mais de 2 mil pessoas que participavam de festas clandestinas e pancadões entre a noite de ontem e madrugada de hoje, descumprindo regras sanitárias exigidas para o enfrentamento da disseminação do novo coronavírus.
A operação para evitar aglomeração e eventos sem autorização nos dias de Carnaval contou com a participação da Guarda Municipal, Policia Militar, fiscais da Vigilância Sanitária, do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) da Secretaria Municipal de Saúde; Defesa Civil; Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo (Seplurb) e Setec (Serviços Técnicos Gerais).
De acordo com balanço da força-tarefa, nove multas foram lavradas por agentes da Secretaria de Planejamento e Urbanismo (Seplurb), 11 ocorrências de perturbação do sossego público foram registradas e 17 de descumprimento de medidas sanitárias. Foram feitas ainda 25 autuações de trânsito e 45 orientações em relação ao descumprimento do decreto de quarentena por diversas pessoas.
Quatro festas clandestinas fora encerradas na noite que registrou também oito ocorrências de pancadões. No Jardim Rosália a força-tarefa dispersou aproximadamente mil pessoas que participavam de uma festa, outras 200 estavam na Chácara Líder, outras 200 na Chácara Tropical, 400 no Campo Belo e 200 no Vila Olimpia.
A Guarda Municipal trabalha com efetivo ampliado, como seria em uma época normal de Carnaval, quando os blocos tomam as ruas da cidade. A finalidade é evitar o descumprimento das medidas sanitárias em bares e restaurantes e também eventos com aglomeração de pessoas, que não tenham alvará e não sigam as medidas da Fase Amarela do Plano São Paulo.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias