publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Força-tarefa, apoiada pelas polícias Civil e Militar, dispersa aglomerações que somavam 13,3 mil pessoas

Em na Chácara Carraro, no Parque Universitário de Viracopos, 3 mil participavam de festa clandestina

Band Mais

16h11 - 14/02/2021

Atualizado há 20 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A força-tarefa que fiscaliza em Campinas o cumprimento das medidas sanitárias impostas pelo Estado e município durante a quarentena de contenção da pandemia do novo coronavírus dispersou 16 festas clandestinas entre sábado e a madrugada deste domingo. No total, 13,3 mil pessoas se aglomeravam nos vários lugares em que comemoravam o Carnaval. Em apenas um deles, na Chácara Carraro, no Parque Universitário de Viracopos, foram registrados 3 mil foliões, parte vinda da região em microônibus.

De acordo com balanço da Guarda Municipal, que integra a força-tarefa junto com outros departamentos da Prefeitura e também as polícias Civil e Militar, nesta madrugada houve 43 atendimentos de chamados por perturbação do sossego 43, foram fechados
25 estabelecimentos comerciais por descumprimento das medidas sanitárias, interrompidos 17 pancadões com seis apreensões e feitas perto de 100 autuações de trânsito em locais de pancadões e aglomeração de pessoas

Balanço:

Chácara Carraro – 3000 pessoas
Chácara Céu Azul – 300 pessoas
Jardim Leonor – Bar com 400 pessoas
Jardim do Trevo – 120 pessoas
Chácara Morumbi – 350 pessoas
Sousas – 600 pessoas
Nossa Senhora Aparecida – 1.500 pessoas
Taquaral – 800 pessoas
Jardim Itaguaçu – 100 pessoas
Jardim São Domingos – 300 pessoas
Jardim Santa Cruz – 300 pessoas
Parque Novo Mundo – 1.000 pessoas
Campo Belo – 3.000 pessoas
Jardim Paraíso – 300 pessoas
Jardim Campos Elíseos – 800 pessoas
Chapadão – 500 pessoas

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade