menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Funcionário acusa Emdec de assédio virtual

Empresa abriu procedimento interno para investigar agentes

Blog da Rose

15h53 - 05/11/2019

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O agente de mobilidade urbana, Marcos Notaro, disse que está sendo vítima de assédio por parte da Emdec – empresa que gerencia o trânsito de Campinas.

Segundo ele, a empresa tem fiscalizado o que os funcionários escrevem e falam em redes sociais. E por causa disso ele e um outro funcionário estão sendo submetidos a um processo de investigação interna.

Tudo começou numa mesa de bar. Um funcionário numa gravação de vídeo disse, rindo, que na “área verde” tem um bando de “filhos da p…”. Esse áudio acabou sendo compartilhado e um funcionário da área verde pediu investigação porque disse que ficou ofendido.

“O vídeo mostra que é uma brincadeira e não há a menor intenção de ofender ninguém. Estamos preocupados porque essa investigação demonstra que é claramente uma perseguição. Parece um assédio virtual”, disse Notaro, que teve o nome citado no vídeo.

Ele também é alvo por uma postagem que fez em suas redes sociais com comentários sobre a empresa pública. Nesta publicação, ele escreveu: “Saindo de uma reunião em que nos foi orientado para agir com ética e integridade. Estamos proibidos de usar nossas redes sociais para “ofender a empresa e os superiores”. Espero que “eles” atuem sempre com ética e integridade, caso contrário, muito provavelmente serei punido”. Segundo ele, há questionamento sobre esse post. “Eles estão fiscalizando todas as nossas redes sociais. Estou preocupado porque podemos ser punidos.”

A Emdec já iniciou a tomada de depoimentos.

Outro lado

Em nota, a Emdec informou que não comenta assuntos internos sem que haja interesse público envolvido.

publicidade
publicidade
publicidade