menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Funeral do príncipe Philip, do Reino Unido, deve acontecer no dia 17

Cerimônia íntima será na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, onde Philip residia; discurso da rainha ainda é aguardado

Agência Brasil

17h59 - 09/04/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O duque de Edimburgo, príncipe Philip Mountbatten, marido da rainha Elizabeth II e que teve sua morte anunciada hoje (9), já tem o funeral planejado – tradição da coroa inglesa, que planeja cerimônias fúnebres durante o período de vida de seus membros.

O funeral de Philip deve acontecer no sábado (17) – 8 dias após o início do luto oficial da coroa britânica. A cerimônia será na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, onde Philip residia. O corpo de Philip ficará no mausoléu de Frogmore Gardens – área reservada para a aristocracia britânica. 

Após o enterro, espera-se que a Coroa institua luto oficial no país por 30 dias – período em que não haverá manifestações, compromissos ou tratativas reais públicas. 

O discurso da rainha Elizabeth sobre a morte de seu companheiro é aguardado.

Segundo um informe do Castelo de Windsor, a cerimônia não será aberta ao público em função da pandemia da covid-19. A Abadia de Westminster tocou 99 vezes o sino em homenagem ao membro real.

A morte do duque não será marcada por um feriado público – outra tradição inglesa -, mas bandeiras da União serão hasteadas a meio mastro em todo o país como demonstração de luto. Ainda não há informações sobre quais membros da família real participarão da cerimônia além da rainha Elizabeth II.

O premiê britânico Boris Johnson se manifestou em discurso oficial, e afirmou que “o príncipe Philip ganhou a afeição de gerações aqui no Reino Unido, na Comunidade de Nações e ao redor do mundo.”

Ainda em vida, o príncipe Philip havia manifestado desejo de um funeral “sem confusão.”

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade