menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Reprodução | TV Globo

Entretenimento

Galvão Bueno tem contas bancárias bloqueadas pela Justiça

A decisão do juiz Rodrigo Galvão Medina é por uma dívida existente da empresa do narrador

Manuel Correia, Band Mais

14h52 - 20/07/2021

Atualizado há 4 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O narrador da Globo Galvão Bueno teve suas conta bancárias bloqueadas pela Justiça de São Paulo nesta terça-feira (20). A decisão é do juiz da 9ª Vara Cívl paulista Rodrigo Galvão Medina. O bloqueio atinge também a mulher do global, Desiré Soares Galvão Bueno e a filha Letícia Galvão Bueno.

A decisão se dá em um processo aberto pela empresa Lest Credit Fundo de Investimentos contra a Virtual Promoções e Participações, que pertence à família do narrador. O motivo é um empréstimo de R$ 1,6 milhão ofertado em 2017, que deveria ser pago em 31 parcelas. Segundo a Lest Credit, a Virtual não cumpriu com o pagamento.

A empresa de Galvão Bueno reconheceu a dívida em maio deste ano e um acordo para quitá-la foi homologado judicialmente, mas ele também não foi cumprido integralmente. “Em razão da petição que noticiou o descumprimento do acordo, determinei a expedição de ordem de indisponibilidade de ativos financeiros”, disse o juiz ao bloquear as contas da família Bueno.

Nas contas do narrador, a Justiça encontrou apenas R$ 1.401,17. Na da sua esposa, o bloqueio foi de cerca de R$ 90 mil. A defesa de Galvão Bueno pediu a suspensão da decisão, alegando que os valores são impenhoráveis, parte deles por serem de caráter salarial.

Os advogados do narrador ainda alegam que a decisão da Justiça causou grave dano, uma vez que as quantias “são necessárias para o sustento da família”.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias