publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Google terá que compartilhar dados sobre o caso Marielle

STJ determinou que a empresa forneça as informações que forem pedidas pela Justiça para lucidar os fatos

Band Mais

20h26 - 26/08/2020

Atualizado há 6 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Nesta quarta-feira (26), o Superior Tribunal de Justiça (STJ), através da 3ª Seção, decidiu, por maioria dos votos, que o Google Brasil terá que fornecer às autoridades do Rio de Janeiro todas as informações que forem pedidas na investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Com a decisão, a empresa de tecnologia deverá entregar os dados de todos que usaram seus serviços para pesquisar palavras chaves, que podem ajudar no inquérito sobre a morte. Os resultados que deverão ser entregues são do período de 10 a 14 de março de 2018.

O Google se pronunciou sobre a decisão e disse que a disponibilização dos dados fere o direito à privacidade do usuário. O advogado da empresa, Eduardo Bastos de Mendonça, afirmou que em outras solicitações, a empresa forneceu dados, mas neste caso, em específico, o pedido se trata de ordens “absolutamente genéricas”

0 Comentário

publicidade
publicidade
Mais notícias