menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Governo de SP anuncia reabertura do comércio, mas não detalha quais setores serão liberados

Governador diz que hoje 74% das atividades econômicas estão ativas no Estado

Rose Guglielminetti, Band Mais

13h35 - 22/04/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), confirmou nesta quarta-feira (22/04) a reabertura do comércio a partir do dia 11 de maio, mas não detalhou quais setores que serão liberados para voltar a funcionar. A quarentena no Estado vai até o dia 10 de maio. Ele disse que as medidas são amparadas pela ciência e medicina.

Doria disse que os detalhes só serão anunciados no dia 8 de maio e “se as circunstâncias permitirem”, disse o tucano.

Segundo a secretária de Desenvolvimento do Estado, Patrícia Ellen, a reabertura estará atrelada a alguns fatores como acompanhamento da disseminação da doença, capacidade do sistema de saúde e monitoramento do coronavírus no Estado.

“Sob hipótese alguma iremos fazer uma reabertura desordenada”, disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento do Estado.

Segundo o governador, 74% das atividades econômicas do Estado foram mantidas durante a quarentena. “Isso desmante os comentários maldosos sobre a quarentena”, disse ele.

Em São Paulo, nem a economia e nem a política se sobrepõe à ciência e medicina

João Doria (PSDB), governador de São Paulo

A taxa de isolamento no Estado e na capital ontem (21/04) foi de 51%.

Prefeitos

Doria disse que não haverá nenhuma alteração do decreto de quarentena até o dia 10 de maio. “E todos os prefeitos devem respeitar a decisão do Estado”, disse ele.

Passeatas

O governador criticou as passeatas pedindo a reabertura do comércio no fim de semana. “Pessoas que agem desta maneira estão sabotando a saúde dos brasileiros e dos profissionais da saúde”, disse ele

Casos

São Paulo registrou 1.093 óbitos no Estado de São Paulo e 15.385 casos confirmados da covid-19.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade