menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Contra coronavírus, governo de SP vai antecipar o feriado de 9 de julho para 25 de maio

Objetivo é aumentar a taxa de isolamento social no estado

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

12h48 - 18/05/2020

Atualizado há 4 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Numa tentativa de fazer com que as pessoas fiquem em casa, o governo de São Paulo enviou projeto de lei à Alesp (Assembleia Legislativa) de antecipar o feriado do dia 9 de julho para a próxima segunda-feira (25/05) para todo o Estado de São Paulo. Na Capital, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), vai antecipar outros feriados para os dias 26 e 27 de maio (feriados municipais). Com isso, serão três dias prolongados de descanso.

O governador também pediu aos prefeitos dos 645 municípios que estudem antecipar outros feriados municipais para os mesmos dias da Capital, assim como fez Bruno Covas.

Ficou claro que ao longo dos finais de semana e feriados temos índices mais elevados de isolamenno e isso nos ajuda no controle da epidemia

João Doria, governador de São Paulo

Na última sexta-feira, o índice de isolamento social no estado era de 47% – taxa abaixo do preconizado pelas autoridades sanitárias que defendem um índice de 55% para tentar impedir o impacto da disseminação do coronavírus. Um estudo do governo do Estado estima que, com uma taxa de 55% de isolamento, SP poderá ter 11 mil mortes e 100 mil casos confirmados da covid-19 até o dia 31 de maio.

“O não isolamento social e a desobediência prejudicam as decisões do governo do SP para reabertura econômica”, disse o governador.

Capital

Bruno Covas disse que há uma pressão muito grande sobre o sistema de saúde. Ontem, 91% dos leitos de UTI estavam ocupados. “A nossa preocupação é evitar que todo mundo fique doente ao mesmo tempo e pressione o sistema de saúde. Estamos correndo contra o tempo para inaugurar os novos leitos de UTI”, disse ele.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade