menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Hospital de Campanha já tem pacientes internados

Unidade foi aberta com 36 leitos

Band Mais

15h56 - 15/05/2020

Atualizado há 20 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O Hospital de Campanha de Campinas, na sede dos Patrulheiros, começou a funcionar nesta sexta-feira (15/05), com 36 leitos para o atendimento de pacientes com Covid-19. A Central de Regulação de Vagas do Município já fez a regulação de três pacientes para o local, um foi transferido do Hospital Ouro Verde e dois do Hospital Mário Gatti. Os serviços são terceirizados e o custo do contrato é de R$ 4,5 milhões por 90 dias.

Outros 18 leitos começarão a ser implantados e serão entregues em junho, somando 54 leitos. O local tem capacidade de ampliação para até 114 leitos, se necessário.

O prefeito Jonas Donizette (PSB) agradeceu à ONG Expedicionários da Saúde (EDS), grupo sem fins lucrativos, que construiu e equipou o hospital. “O hospital teve um custo de R$ 7 milhões para a construção e agora faremos a operação com um pouco mais de R$ 1.000,00 por leito”, disse ele. A Prefeitura não teve gastos com a implantação.    

A gestão será da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar. O presidente da Rede, Marcos Pimenta, ressaltou que a unidade “inicia suas atividades em um momento extremamente sensível, em que há um aumento abrupto do número de pacientes, embora esperado. Ele nasce integrado aos nossos hospitais, Unidades de Pronto Atendimento, Samu e com a Secretaria Municipal de Saúde. Sua abertura possibilita desafogar as portas assistenciais”, afirmou.    

  Recursos 

A operação dos serviços do Hospital de Campanha será de responsabiliade do Instituto Bom Jesus. O contrato é de cerca de R$ 4,5 milhões por 90 dias para os 54 leitos iniciais. Os recursos são do Governo Federal. A instituição selecionada é responsável por todo o RH do hospital, incluindo as equipes de profissionais da saúde, de assistência, de higiene, além de alimentação, insumos e outros.

O hospital também conta com três ambulâncias exclusivas para a covid-19, que ficarão estacionadas no local para uma eventual necessidade de transporte. A medida é uma parceria com o Exército.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade