menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Investigações da Lava Jato sobre José Serra são suspensas por Dias Toffoli

O tucano foi alvo de operações da Polícia Federal por suposto caixa 2 e irregularidades do Rodoanel

Band Mais

21h46 - 29/07/2020

Atualizado há 5 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Nesta quarta-feira (29), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu suspender as investigações realizadas pela Operação Lava Jato contra o senador José Serra (PSDB).

O ex-governador de São Paulo foi alvo de ações da Polícia Federal sobre suposto caixa 2 em campanha. Em outra investigação da PF, o senador é acusado de lavagem de dinheiro em obras do Rodoanel Sul, enquanto administrava o Estado. Serra nega as acusações.

A decisão de Toffoli foi proferida às 16h56. Às 18h04, a Justiça Federal aceitou a denúncia sobre o Rodoanel, o que tornou José Serra e a filha, Verônica Serra, em réus pelo crime de lavagem de dinheiro.

“Defiro a liminar para suspender, até a análise do caso pelo eminente Relator [o ministro Gilmar Mendes], toda a investigação deflagrada, em trâmite no Juiz Eleitoral da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo”, disse o presidente do STF na decisão.

“Por consequência, todos os bens e documentos apreendidos deverão ser lacrados e imediatamente acautelados, juntamente com eventuais espelhamentos ou cópia de seu conteúdo, caso tenham sido realizados”, acrescentou Toffoli.

A defesa de Serra havia acionado o STF, alegando que, em ambos os casos, o senador tem direito a foro privilegiado e assim, o processo só poderia correr no âmbito do Supremo.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias