menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

João Doria é vacinado em São Paulo contra a covid-19 com a Coronavac

O governador recebeu o imunizante que é "pai", mesmo ele estando em falta em todo país

Manuel Correia, Band Mais

17h59 - 07/05/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O governador de São Paulo, João Doria, recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19 na tarde desta sexta-feira (07). O imunizante aplicado foi a Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac. Essa vacina se encontra em falta em todo o estado.

De acordo com levantamento, 32 cidades paulistas suspenderam total ou parcialmente a aplicação da Coronavac, por não ter estoque da mesma, até para a segunda dose do imunizante. A faixa etária dos 60 anos, que já está sendo vacinada no estado, só tinha à disposição doses da AstraZeneca/Oxford e da Pfizer.

Na hora de receber a vacina, Doria aproveitou para discursar sobre o imunizante, o qual lhe foi dado pela primeira pessoa do país a receber uma dose contra a covid-19, a enfermeira Mônica Calazans. “Todas as vacinas são boas, mas a minha foi Coronavac. “Olha como é o mundo. No início de janeiro a CoronaVac era a vacina da China, a ‘vachina’, a vacina do jacaré, que ia deixar você com sequelas, paralítico, a vacina do Doria. Hoje, ela é a mais querida do Brasil. É a coronaVac que todos querem tomar. Confiança é credibilidade do Instituto butantan que já salvou 43 milhões no Brasil. 43 milhões que tomaram a CoronaVac”, disse o governador.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias