menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Jonas desafia Bolsonaro a usar de sua autoridade para suspender medidas de governadores e prefeitos

Uma nota de repúdio da FNP será emitida na tarde de hoje

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

11h27 - 25/03/2020

Atualizado há 3 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas e presidente da FNP (Frente Nacional de Prefeitos), Jonas Donizette (PSB), repudiou nesta quarta-feira (25/03) as falas do presidente Jair Bolsonaro que criticam as medidas restritivas tomadas por governadores e prefeitos e tem chamado a covid-19 de “gripezinha” e “resfriadinho”.

“Queremos repudiar a fala do presidente. É uma posição muito confortável a dele. Ele fala que estamos errados, mas não chama responsabilidade para ele. Como prerrogativa, ele pode anular as atitudes que temos tomado, mas ele não faz. Que ele faça um decreto e suspenda as medidas que temos tomado, lembrando que as medidas referenciadas por cientistas e médicos”, disse Jonas.

O prefeito afirmou ainda que o presidente da República é instável. “Um dia diz que a situação é grave, como ele reconheceu no último domingo quando eu falei que ele deveria reconhecer o problema, e agora diz outra coisa. Percebemos que é um homem instável e uma pessoa inclinada a agradar um determinado público”, ressaltou o pessebista.

Jonas lembrou ainda que tanto governadores quanto prefeitos estão preocupados com o reflexo da economia. “Ninguém está tomando essas medidas com alegria, mas cientes de que são necessárias para preservar vidas”, disse o prefeito.

O prefeito disse que fez uma vídeoconferência na manhã desta quarta-feira (25/03) com todos os prefeitos das capitais após a fala do presidente. Uma nota de repúdio da FNP será divulgada na tarde de hoje.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade