menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Jonas determina novo fechamento do comércio e shoppings devido ao aumento da covid-19

Ocupação de leitos de UTI está em 85%

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

15h19 - 19/06/2020

Atualizado há 3 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), determinou nesta sexta-feira (19/06) o fechamento novamente, a partir de segunda-feira (22?06), do comércio da cidade por causa da pressão dos leitos de UTI e de retaguarda devido ao aumento de casos e mortes da doença. Campinas tem hoje 203 mortes e 5.228 casos confirmados da doença.

A decisão, que vale por sete dias, pode ser prorrogada por mais sete dias. O decreto será publicado amanhã (20/06) numa edição especial do Diário Oficial. “Vou fazer uma restrição dentro da fase laranja”, explicou o prefeito.

Segundo ele, a decisão tem três fatores. O primeiro é preservar vidas devido ao alto índice de ocupação de leitos. Ontem a cidade tinha apenas quatro leitos livres de UTI, sendo que a ocupação era de 85%.

O segundo motivo, disse o prefeito, é mostrar para a cidade que Campinas não vive um situação de normalidade.

E o terceiro fator é levar um alento para quem está trabalhando no combate à doença. “Esses profissionais se sentem indignadas porque veem a face da doença e ao perceberem que algumas pessoas não estão dando importância para aquilo, o profissional chega quase a se revoltar”, disse Jonas Donizette.

Os serviços de drive-thru estão autorizados.

O presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta, disse que foram abertos 28 leitos ontem na UPA Carlos Lourenço, às 10h, e no fim da tarde todos os leitos estavam ocupados. “E esse reflexo é da semana passada”, disse Pimenta.

O secretário de Saúde, Carmino de Souza, disse que o fechamento é necessário para frear o aumento da doença. Ele também disse que a abertura da cidade trouxe outras demandas para a rede hospitalar como traumatismo, por exemplo.

8 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade