menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Jonas diz que vai deixar situação fiscal da prefeitura “melhor do que encontrou” para futuro prefeito

Segundo prefeito, dívida corrente líquida caiu de 52% para 28%

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

12h05 - 30/10/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse que vai deixar a situação fiscal da Prefeitura de Camipinas “melhor do que encontrou” para o futuro prefeito da cidade, que vai sentar na cadeira hoje ocupada pelo pessebista após o dia 1º de janeiro de 2021.

Segundo ele, quando assumiu há oito anos, a dívida corrente líquida era de 52%. Agora está em 28%. Ele também disse que conseguiu resolver um endividamente de R$ 300 milhões com o Banco do Brasil.

“A cidade tem hoje um grau de endividamente muito menor”, disse ele em entrevista coletiva nesta quinta-feira (29/10).

O próximo prefeito vai ter um Orçamento de R$ 6,5 bilhões para 2021, um acréscimo de 5% sobre o de ano, que é de R% 6,2 bilhões. Parece muito dinheiro, mas não é. Grande parte vai para o custeio da máquina. Novos investimentos correspondem apenas 4% do total, ou seja, R$ 260 milhões para novas obras.

As pastas de Saúde e Educação são as que têm mais recursos. A primeira terá R$ 1,637 bilhão, um crescimento de 5,11%. A segunda área com maior orçamento é a Educação, que receberá R$ 1,284 bilhão.

Em terceiro lugar, vem a receita que será destinada ao Camprev – Instituto dos Servidors Municipais: R$ 1. 082 bilhão. Os recursos previstos são para pagamento da folha de aposentados e pensionistas.

Serviços Públicos, responsável pela manutenção na cidade, receberá R$ 417,7 milhões. A Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos terá R$ 210,6 milhões em recursos para o próximo ano.



0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade