menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Jonas é multado em R$ 25 mil por propaganda eleitoral antecipada

Propaganda é permitida após o dia 27 de setembro

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

18h11 - 08/07/2020

Atualizado há 3 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Justiça Eleitoral multou em R$ 25 mil o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), por propaganda eleitoral antecipada. Segundo denúncia apresentada pelo empresário Rafael Bressane ao MP (MInistério Público), o prefeito pediu votos para o vice-prefeito e, na época, pré-candidato a prefeito, Henrique Magalhães Teixeira (PV), em fevereiro deste ano durante evento do BRT – sistema de transporte exclusivo de ônibus que vai ligar o Centro aos distritos do Campo Grande e Ouro Verde.

Para o juiz Herivelto Araújo Godoy o prefeito cometeu o crime eleitoral ao dizer “quem gosta de mim vai votar nele”, escreveu o magistrado.

A propaganda eleitoral está permitida após o dia 27 de setembro.

“Eu acredito que a decisão proferida reflete o crime cometido pelo nosso prefeito, pedindo, fora do período eleitoral, votos para o seu vice, assim busca se perpetuar à frente da prefeitura, utilizando, inclusive, de uma obra pública para que isso tivesse maior visibilidade”, disse Bressane.

Na época, o prefeito disse que a fala estava descontextualizada. Segundo ele, em eventos públicos, antes da pandemia do cororanavírus, ele dizia que as pessoas deveriam votar em determinado candidato em duas situações: 1) quero votar neste candidato porque gosto do Jonas ou 2) não gosto do Jonas, mas esse candidato vale a pena. Claro, que ambos, os candidatos apoiados pelo prefeito. Ele também disse, na ocasião, que o PSB tinha três candidatos: Henrique Magalhães, o secretário de Relações Institucionais, Wanderlei Almeida e o deputado estadual Rafa Zimbaldi.

Hoje essa situação mudou, O candidato do PSB é Wanderley Almeida. Rafa Zimbaldi se tornou adversário e irá disputar a prefeitura pelo PL. Já Henrique Magalhães foi para o PV.

Outro lado

Em nota, a assessoria do prefeito informou que não foi notificado da decisão. Assim que isso acontecer, vai analisar e tomar as medidas cabíveis.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade