menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Jonas pode adiar volta às aulas presencias para novembro

Tendência é que escolas sejam reabertas apenas no dia 3 de novembro

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

16h49 - 24/09/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse ontem (23/09) que pode adiar a volta às aulas presenciais para novembro. O retorno opcional dos estudantes das escolas municipais está previsto para o próximo dia 7 de outubro, mas o prefeito pode seguir o Estado e autorizar a volta para o dia 3 de novembro. As aulas foram suspensas em março devido à pandemia do coronavírus.

“Sim, pode mudar. Ainda estamos estudando e, na semana que vem, iremos falar sobre isso”, disse o prefeito durante live nas redes sociais.

De acordo com o cronograma estabelecido pela Secretaria de Educação de Campinas, as aulas presenciais irão voltar para os estudantes dos 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, do EJA (Ensino de Jovens e Adultos), e dos alunos dos cursos técnicos do Ceprocamp. Esse contigente é formado por cerca de 10 mil estudantes. Os demais vão continuar com aulas remotas.

Na Educação Infantil, as creches vão permanecer fechadas até o fim deste ano.

A mudança do cronograma pode ocorrer por dois motivos. Além de 80% dos pais terem votado contra o retorno às aulas presenciais, o governo de São Paulo decidiu que os alunos do ensino fundamental das escolas estaduais só irão voltar no dia 3 de novembro. No dia 7 de outubro, o retorno é opcional para o ensino médio, para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) e para os Centros Estaduais de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA).

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade