menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Covid-19: prefeito de Campinas amplia mais 118 leitos de UTI e enfermaria

Serão 36 leitos de UTI e 82 de enfermagem

Rose Guglielminetti

11h00 - 23/05/2020

Atualizado há 10 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse neste sábado (23/05) que vai ampliar mais 188 leitos de UTI e enfermaria para tratamento de pacientes com covid-19. Os novos leitos já estarão disponíveis na próxima semana nos dois hospitais públicos – Mário Gatti e Ouro Verde – e nos hospitais conveniados como PUC-Campinas, Casa de Saúde, entre outros.

A ampliação é necessária porque a cada dia tem aumentado o número de pacientes e de mortes em Campinas. Ontem (22/05), a taxa de ocupação dos leito de UTI na cidade era de 76,08%. Dos 690 leitos de UTI em hospitais públicos e privados, 525 estavam ocupados.

A cidade tem hoje 1.183 casos confirmados e 53 mortes da doença.

Leitos de UTI

Serão 36 leitos exclusivos de UTI para pacientes da covid-19, sendo que 30 deles abertos no Hospital Mário Gatti e 6 na Casa de Saúde. O custo para manutenção de cada leito é de R$ 2.460,00 por dia.

Segundo o prefeito, na semana passada foram entregues 48 leitos, sendo 12 no Hospital da PUC-Campinas, 8 na Casa de Saúde, 10 na Santa Casa, 15 no Hospital Ouro Verde e 3 no Mário Gatti

Leitos de enfermagem

A partir da semana que vem, serão disponibilizados 82 novos leitos de enfermagem. Desse total, 12 estão no Hospital da PUC-Campinas, 13 na Santa Casa, 12 na Casa de Saúde, 18 no Hospital de Campanha e 27 na Beneficiência Portuguesa. O custo diário é de R$ 998,00.

O presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta, disse que um paciente de covid-19 tem um tempo de internação de até quatro semanas. Os casos graves ficam 15 dias na UTI e mais duas semanas na enfermaria.

Jonas disse que pediu recursos ao governo do Estado que se comprometeu a repassar para os dois hospitais municipais uma verba de R$ 2,5 milhões. “Ele (Rodrigo Garcia, vice-governador) fez o compromisso de que vamos receber essa verba que parou de ser enviado no fim do ano passado e de que vamos receber o atrasado também”, disse ele.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade