menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Justiça barra candidaturas de Campos Filho e Vinicius Gratti à reeleição para a Câmara de Vereadores

Um teve as contas rejeitadas e outro não entregou documentação

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

11h18 - 26/10/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O juiz da 33ª Zona Eleitoral, Fabio Varlese Hillal, barrou os registros de candidaturas dos vereadores Campos Filho (Podemos) e de Vinicius Gratti (PP) que tentam a reeleição à Câmara de Vereadores de Campinas. O primeiro está inelegível devido à rejeição de contas do Legislativo campineiro quando ele foi presidente em 2013. O segundo não entregou documentação exigida pela Justiça Eleitoral.

No caso de Campos Filho quem impetrou o pedido foi Marcone José de Lima, candidato a vereador, que argumentou que o parlamentar está inelegível por ter tido as contas rejeitadas em 2013 pelo TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo). A rejeição se deu devido ao excesso de contratação de comissionados (funcionários sem concurso público) e promoções irregulares.

Em sua defesa, Campos Filho argumentou que não houve dolo, requisito indispensável para barrar sua candidatura, e que ele foi absolvido em ação de improbidade administrativa.

Porém, o Ministério Público pediu para que seguisse com a impugnação da candidatura do parlamentar. O magistrado entendeu que houve dolo e barrou a sua candidatura.

Campos Filho disse que vai recorrer. “No recurso que apresentarei hoje afirmo que esse fato não está atingido pela lei complementar 640 que trata da inelegibilidade pois não existe dolo”

Já Vinicius Gratti foi barrado porque não entregou a documentação exigida pela Justiça Eleitoral no prazo determinado. Ele não retornou ao pedido de informações do blog.

Vereador não entregou documentação exigida pela Justiça Eleitoral

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade