menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe

Justiça condena empresário a indenizar vereador de Campinas

Ex-presidente do Grupo RAC terá de pagar R$ 15 mil a parlamentar

Blog da Rose

15h27 - 01/10/2019

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Justiça de Campinas condenou o empresário e ex-presidente do Grupo RAC (Rede Anhanguera de Comunicação), Sylvino de Godoy, a pagar uma indenização de R$ 15 mil por danos morais contra o vereador Marcelo Silva (PSD). A decisão é do juiz Roberto Chiminazzo Júnior.

Silva diz que foi alvo do empresário em uma matéria no jornal de propriedade do grupo que “teria extrapolado a mera informação, com nítida intenção de perseguição e a desmando”. Silva ainda afirma que uma gravação telefônica de uma conversa entre Godoy e um funcionário do veículo mostra uma ordem do empresário para que se fizesse uma “devassa na vida do parlamentar que encabeçara a abertura da CP (Comissão Processante) para investigar o prefeito Jonas Donizette (PSB) por omissão no Caso Ouro Verde – esquema de corrupção no Hospital Ouro Verde.” O próprio Sylvino teve prisão decretada no escopo da operação do Ministério Público. Ele não foi preso porque passou mal no dia e hoje está em liberdade.

No processo, a defesa do empresário afirmou que “a matéria publicada apenas produziu o conteúdo da denúncia sem fazer juízo de valor, que a publicação se deu muito antes da conversa interceptada pelo Ministério Público, que dos fatos não não resultou qualquer dano ou abalo. Argumentam que o jornal publicou os feitos positivos do autor, o que demonstra imparcialidade.”

O magistrado, no entanto, entendeu que houve excesso. ” A matéria em questão não se tratou de uma publicação isenta como livre manifestação da liberdade de informação,mas uma efetiva tentativa de prejudicar a imagem do autor e intimidá-lo em sua atividade como vereador (…) a publicação em si é suficiente para causar dano moral”, escreveu Chiminazzo.

Doação

Marcelo Silva disse que vai doar os R$ 15 mil para entidades assistenciais.

Outro lado

O Blog aguarda um posicionamento pedido à empresa e advogados do empresário.



publicidade
publicidade
publicidade